Grupo faz ato em defesa do governo Dilma Rousseff em Natal

Grupo protesta a favor do governo Dilma em Natal (Foto: Fernanda Zauli/G1)
Manifestantes se concentraram no Tirol e caminharam pela Zona Sul. Segundo organizadores, 40 mil pessoas participaram do ato; PM fala em 20 mil.Pessoas que apóiam o governo Dilma Rousseff (PT) voltaram a realizar um ato pelas ruas de Natal na tarde desta quinta-feira (31). O grupo se concentrou em frente ao shopping Midway Mall, na Zona Sul, e seguiu em caminhada até a praça da Árvore de Natal, em Mirassol, bairro também da Zona Sul. O protesto começou às 16h e terminou por volta das 19h40.
O ato é organizado pela Frente Brasil Popular. Às 19h15, os organizadores informaram que 40 mil pessoas participaram da manifestação. A Polícia Militar informou às 19h que eram 20 mil presentes.

O advogado Evandro Borges lembrou do posicionamento da OAB, que se colocou a favor do impeachment de Dilma. "O posicionamento da OAB a favor do impeachment não é unânime. Hoje, os advogados do Rio Grande do Norte também saem às ruas em defesa da democracia e contra o golpe".

Ycaro Kallyo veio de Caicó para participar do ato em Natal
 (Foto: Fernanda Zauli/G1)
O cirurgião dentista Ycaro Kallyo saiu de Caicó, cidade na região do Seridó potiguar, para participar da manifestação em Natal. "O impeachment não tem legitimidade jurídica, por isso é golpe. Eu estou aqui pra defender o meu voto e o da minha filha de 17 anos. Para defender a democracia", disse.

Segurança
Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, cerca de 550 profissionais trabalharam no ato. São agentes de segurança pública da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Itep, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Municipal e agentes de trânsito.

A Secretaria recomendou que condutores de veículos evitassem trafegar no trecho da manifestação a partir das 15h, quando uma das vias, sentido Parnamirim/Natal foi interditada.

A Polícia Rodoviária Federal orientou os condutores que precisassem se deslocar neste sentido que buscassem vias paralelas, como o prolongamento da Prudente de Morais (entrado pelo Conjunto Cidade Satélite), avenida Integração (retornando pelo viaduto de Ponta Negra) ou pelas rotas do Campus Universitário (entrado pela avenida Engenheiro Roberto Freire). Por uma questão de segurança não foi permitida o acúmulo de pessoas nas passarelas sobre o trecho do percurso.

Policiais também foram distribuídos a pé e veículos durante todo o percurso para garantir a segurança dos participantes, bem como do público que circulou pelo trajeto.

Mossoró
Um outro ato pró-governo Dilma Rousseff também foi realizado em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. A manifestação começou às 16h. Os manifestantes percorreram as principais ruas do centro da cidade até o teatro municipal Dix-huit Rosado. O ato foi organizado pela Frente Brasil Popular. A organização disse que pelo menos 3.500 pessoas participaram da manifestação. A Polícia Militar divulgou que eram 250 participantes.

Manifestação em Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte (Foto: Tarso Costa)
Pau dos Ferros

Em Pau dos Ferros, cidade também do Oeste do Rio Grande do Norte, um ato a favor do governo aconteceu na manhã desta quinta (31). Segundo os organizadores, o ato reuniu 1.500 manifestantes. Segundo a PM, foram 400.

Às 17h25, os organizadores estimaram em 25 mil pessoas no ato em Natal
(Foto: Fernanda Zauli/G1)
Manifestantes se concentram no bairro do Tirol, na Zona Sul de Natal
(Foto: Fernanda Zauli/G1)

Comentários