Prefeito afastado de Macau teria atentado contra sua própria vida


Segundo as primeiras informações, prefeito afastado de Macau, Kerginaldo Pinto, teria tentado se matar após mais de cem dias na prisão. O fato teria o ocorrido no final da tarde de hoje (18), mas Kerginaldo foi socorrido a uma unidade de Saúde.

Kerginaldo foi detido por suposta interferência na operação Maresia, que aponta um desvio de R$ 2,5 milhões dos cofres públicos. Ele estava detido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar.* Robson Pires

Comentários