DEMITIDO, ZELADOR DO SOLARIS ALEGA PRESSÃO POLÍTICA. SÍNDICO NEGA


Demitido nesta sexta-feira, o zelador do edifício Solaris, José Afonso Pinheiro, afirmou ter perdido o emprego por pressão do ex-presidente Lula, que foi acusado de ter um imóvel no local.

"Certeza que tem a ver com o depoimento que prestei. Depois que falei ao promotor, o pessoal da OAS tentou me constranger, dizendo que tava falando mentira, que tinha falado demais. O síndico me mandou não falar mais nada, se não perderia o emprego. Esperaram a poeira baixar e se livraram de mim, a corda sempre estoura para o mais fraco", disse ele.

O síndico Mauro Freitas, no entanto, nega. "Não fui pressionado por ninguém nem conheço ninguém. Não sou político, tenho raiva do Lula e ódio da Dilma. Os motivos da demissão não interessam a ninguém além de mim e dele", afirmou.

Comentários