Deputados são hostilizados ao desembarcar no Aeroporto de Fortaleza

Militantes chamaram Vitor Valim de "capacho de Eduardo Cunha" e "fascista" ao desembarcar no aeroporto

Os deputados Vitor Valim (PMDB¬CE) e Moses Rodrigues (PMDB¬CE) foram hostilizados, nesta quinta¬feira (7), ao desembarcaram no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Diversos militantes pró¬governo estavam reunidos no saguão do terminal e acompanharam Valim até a saída, chamando¬o de "capacho de Eduardo Cunha" e "fascista'.

No aeroporto, um grupo pró¬governo levou bandeiras do Brasil e do Partido dos Trabalhadores (PT) e entoou cânticos como: “não vai ter golpe”. Junto com eles estava um grupo do Movimento Sem¬Terra (MST). Outro grupo levou faixas de apoio ao deputado federal Domingos Neto (PSD¬CE). Em uma delas, estava escrito “Nem Dilma, nem Temer: novas eleições” e em outra dizia que o parlamentar “me representa”.

O deputado apresentou projeto de Decreto Legislativo para convocar um plebiscito sobre a possibilidade de realizar novas eleições para presidente da República no País. Pela proposta, oplebiscito deveria ser realizado em até 90 dias da data de promulgação da lei. Domingos Neto justifica a medida devido à crise política instalada no País furto de “sucessivos escândalos de corrupção”.* Diário do Nordeste

Comentários