Líder nacional em geração de energia eólica, RN sedia na próxima semana o Fórum Nacional Eólico (Carta dos Ventos) e o Solarinvest

Até este mês o Rio Grande do Norte conta com 97 parques eólicos em operação, 20 em construção e outros 60 contratados, que totalizam 2.671,6 MW instalados e mais 2.066,1 MW nos próximos três anos. O Brasil conta com 331 parques eólicos em operação (que representam cerca de 8.250 MW de capacidade de geração). Vinte e nove por cento do total de parques eólicos em operação no País estão localizados no Rio Grande do Norte. Os dados são da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

É nesse contexto que o Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), receberá o Fórum Nacional Eólico (Carta dos Ventos) e o Solarinvest, nos dias 18 e 19 de abril, na Escola de Governo, Centro Administrativo. Durante dois dias as principais lideranças dos setores eólico e fotovoltaico discutirão as principais diretrizes dos dois segmentos, com ênfase no desenvolvimento de projetos que garantam uma maior competitividade para a área das energias renováveis no Brasil.
A primeira edição da Carta dos Ventos, em 2009, foi realizada no Rio Grande do Norte. Agora, o fórum volta a ocorrer no estado, em um modelo amplamente inclusivo a todos os participantes da cadeia de produtos e serviços. A Fiern também participará dos eventos.

“O retorno da Carta dos Ventos a Natal é uma conquista importante para o Rio Grande do Norte, já que somos o estado líder nacional em geração de energia eólica e, por conseguinte, a principal referência para os sucessos e desafios desse setor no Brasil. É um evento muito importante para o setor e para o Estado”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo.

Em sua oitava edição, o Fórum Nacional Eólico – Carta dos Ventos terá seções executivas, com reuniões fechadas, no turno da manhã, e plenárias com acesso gratuito, à tarde. O evento contará também com um workshop específico para jornalistas e um minicurso sobre análise de viabilidade técnica e econômica de projetos. A abertura oficial será às 14h30 da segunda-feira, 18 de abril. Também durante o Fórum, será realizada a Rodada de Negócios entre empreendedores, prestadores de serviço e fornecedores com a coordenação do SEBRAE.

Comentários