Eles não querem o fim do foro, claro. Senador Álvaro Dias sozinho na sessão da CCJ que votaria a PEC do Foro

ESCÁRNIO

Senador Álvaro Dias sozinho na sessão da CCJ que votaria a PEC do Foro

Álvaro Dias é o autor da proposta (Foto: O Antagonista)
De O Antagonista

Não houve quórum na Comissão de Constituição e Justiça do Senado na manhã desta quarta feira (16) pós-feriadão prolongado.

Estava na pauta a votação da PEC que pede o fim do foro privilegiado.

O autor da proposta, Álvaro Dias, ficou sozinho.

Agora a tarde, Álvaro Dias ocupou a tribuna do Senado, para lamentar o cancelamento da sessão da CCJ de hoje, destinada a votar a PEC, que é de sua autoria.

"É uma excrescência", insiste ele. "É preciso que o apoio a esse projeto ganhe corpo."

José Maranhão, o presidente do colegiado, perdeu o voo na madrugada e não conseguiu chegar a Brasília a tempo. Por telefone, disse ao O Antagonista que esperou os senadores "por mais de uma hora" até decretar o cancelamento da reunião por falta de quórum. Era mentira.

Comentários