MP recomenda que Sesap resolva problemas de retenção de macas do Samu em hospitais

Em recomendação, promotora Kalina Correia pede que Secretaria apresente soluções em até 30 dias.

Promotora pede que Secretaria de Saúde Pública apresente soluções que possam resolver ou minimizar ou problema.

O Ministério Público (MP) emitiu uma recomendação a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta segunda-feira (7), para que sejam resolvidos os problemas de retenção de macas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência. Em matéria publicada ontem no Diário Oficial do Estado, a promotora Kalina Correia, da 48ª promotoria de Justiça de Natal, pede que o governo apresente soluções para o problema.

No documento, a promotora solicita que a secretaria apresente soluções em até 30 dias após a publicação no Diário Oficial. De acordo com o MP, a recomendação é feita a fim de minimizar a situação de macas do Samu que estão retidas em Hospitais de Urgência da Rede Estadual.

Caso o governo não mande informações quanto à adoção de medidas administrativas que possam resolver ou minimizar o problema, a Sesap poderá ser penalizada administrativamente.

Comentários