Operação Proclamação da República começa nesta sexta-feira nas rodovias federais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia à 0h desta sexta-feira (11) a Operação Proclamação da República nas rodovias federais de todo o Brasil. Até as 24h da próxima terça-feira (15), os agentes farão o policiamento reforçado em trechos estratégicos, com maior índice de acidentes.

Segundo a PRF, o número de mortes e acidentes graves em rodovias federais do país caiu, mas ainda é considerado “preocupante”, já que são quase 6 mil mortes por ano, somente por acidentes nas estradas.

O planejamento da operação, de acordo com a PRF, levou em conta a análise de cada região neste período e de dados como os de acidentes fatais ou com vítimas feridas gravemente. A partir das avaliações dos dados, a PRF definiu o tipo de infrações que mais serão coibidas durante a operação, como dirigir em excesso de velocidade ou sob efeito de álcool, não usar cinto de segurança e cadeirinhas infantis, fazer ultrapassagens indevidas e usar telefone celular na direção.

Recomendações

Antes de sair de casa para viajar durante o feriado, a PRF recomenda algumas medidas que aumentam a segurança no trajeto como providenciar a revisão do veículo (principalmente de limpadores, faróis, pneus, buzina e estepe), programar paradas em locais seguros e adequados, assegurar que os documentos dos passageiros e do veículo estejam em dia, usar cinto de segurança, evitar viajar à noite por causa da pouca visibilidade e da ocorrência de assaltos. A PRF também lembra que os motoristas não devem se esquecer de acender os faróis nas rodovias, mesmo durante o dia. Caso alguma situação de emergência ocorra, a PRF deve ser acionada pelo telefone 191.

No dia 1º deste mês, entrou em vigor a lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro. Com isso, a Lei Seca sofreu alterações. A PRF alerta que “não haverá mais tolerância para a quantidade de álcool no organismo de quem dirige". Segundo a Polícia Rodoviária Federal, "qualquer traço etílico verificado é suficiente para o motorista pagar uma multa de R$ 2.934,70 9novo valor) , ter a carteira suspensa e ser impedido de seguir viagem”.

Restrições

Como existe a possibilidade de congestinamento em períodos específicos, devido ao aumento no fluxo de carros nas estradas, o tráfego de caminhões bitrens, veículos com dimensões excedentes e caminhões-cegonhas será limitado nas rodovias federais de pista simples, na sexta-feira, no sábado (12) e na terça-feira. Na sexta e na terça, os veículos de grande porte não poderão transitar nessas rodovias entre as 16h e as 24h. No sábado, a restrição vai das 6h às 12h. Nesses períodos, veículos de carga não poderão transitar, independentemente de estarem carregados ou não. O descumprimento dessa determinação é uma infração média que pode gerar multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira de Habilitação, além de o veículo ter de ficar estacionado até o fim do período de restrição.

Comentários