REPATRIAÇÃO DE RECURSOS: VEJA QUANTO AS CIDADES NO RN DEVEM RECEBER DE ACORDO COM A CNM

A Confederação Nacional de Municípios divulgou os valores que deverão estar disponíveis em breve para o desafogo de cidades potiguares, de acordo com a liberação de recursos extraídos através da repatriação pelo exterior.
O Governo Federal arrecadou R$ 50,9 bilhões no processo de regularização de ativos mantidos por brasileiros no exterior, chamado de “repatriação”. Esses R$ 50,9 bilhões foram arrecadados com a cobrança de impostos e multas sobre R$ 169,9 bilhões em bens mantidos por contribuintes em outros países. Pelas regras, sobre o valor regularizado incidiu um alíquota de 15% de Imposto de Renda e outros 15% de multa.

No Rio Grande do Norte, deverão ser disponibilizados mais de R$ 230 milhões. Conforme lista acima, as maiores cidades potiguares receberão valores altos, começando por Natal, com R$17.460.915, 25 e Mossoró e Parnamirim, ambas com R$ 5.256.851,52. 

Lajes e as cidade de Afonso Bezerra, Angicos, deve receber um adicional no próximo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cujo valor pode chegar a ultrapassar os R$ 660 mil reais, segundo estimativa Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Confira lista completa com previsão de valor a ser recebido pelos municípios potiguares clicando aqui.

Comentários