POLÍTICA: OPOSIÇÃO VERSUS SITUAÇÃO - É PRECISO QUE CADA UM DE NÓS DEIXE DE SER ANALFABETO POLÍTICO PARA APRENDER QUE TEMOS DIREITOS E DEVERES...

A verdadeira democracia, que governa em prol do povo


A política de qualquer país, sempre nos deparamos com as expressões “OPOSIÇÃO” e “SITUAÇÃO” para caracterizar aqueles políticos que são a favor ou contra o governo. Apesar de muito comuns, poucas pessoas conhecem a importância dessas duas palavras. POSICIONAR-SE É UMA AÇÃO POLÍTICA.

É necessário saber que em REGIME DE PARTIDO ÚNICO, não existe oposição externa. Entretanto, este não é o caso do BRASIL, QUE VIVE UM REGIME MULTIPARTIDÁRIO: COM PARTIDOS DA SITUAÇÃO, DA OPOSIÇÃO E NEUTROS. OPOSIÇÃO, é benéfica e faz parte do processo democrático. Equivocam-se os que pensam de maneira diferente.

A OPOSIÇÃO POLÍTICA realmente é algo central não apenas para o funcionamento dos regimes democráticos, do ponto de vista das cobranças as ações governamentais, mas como também para a própria caracterização do que é um sistema democrático. Não podemos compreender OPOSIÇÃO E SITUAÇÃO como aquele que está certo e aquele que está errado. Não funciona assim.
NA MAIORIA DAS VEZES O QUE VEMOS É A FALTA DE DIÁLOGO ENTRE PARTIDOS E POLÍTICOS DE OPOSIÇÃO E SITUAÇÃO. E quando isso acontece, as discussões e vetos de projetos que trariam benefícios para o povo são simplesmente deixados de lado por disputas políticas, colocando em risco o andamento da governança. Deixando que as decisões sobre o andamento de uma cidade, do estado e o país sejam tomadas por aquela bancada que tem a maioria na Casa Legislativa.

E QUAL O PAPEL DA OPOSIÇÃO? Oposição é aquela que delineia, acompanha e cobra a forma de atuação do governo, o mal de alguns políticos brasileiros é a preocupação em combater o lado oposto pensando nos partidos e coligações, esquecendo que sua missão na vida pública é representar o povo, apoiando, debatendo, sugerindo e acompanhando estratégias para o bem estar da sociedade.

É BEM VERDADE QUE OS CIDADÃOS ESTÃO FARTOS DA INEFICIÊNCIA POLÍTICA e a maior prova disto está nos protestos que se sucedem pelo País. Já dizia o alemão Bertold Brecht: “O PIOR ANALFABETO É O ANALFABETO POLÍTICO, ELE NÃO OUVE, NÃO FALA, NEM PARTICIPA DOS ACONTECIMENTOS POLÍTICOS. Ele não sabe o custo da vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas”.

É preciso que cada um de nós deixe de ser analfabeto político para aprender que temos direitos e deveres. A verdadeira democracia, que governa em prol do povo, é caracterizada pela união de forças de todos. O importante é que oposição e situação caminhem com um único propósito: o de melhorar da cidade do Estado e do país como um todo, representando a população e fazendo valer cada um dos nossos direitos.

Comentários